Como Migrar do PTT para o PoC (PTT Over Cellular)

Tempo de leitura: 7 minutos

Introdução

Os Rádios Comunicadores convencionais (Land Mobile Radio – LMR) tem sido, por muitos anos, a principal alternativa para a comunicação de equipes de campo.

E por uma boa razão: eles são robustos, tolerantes a falhas durante situações de emergência, e mais importante, garantem, com grande nível de confiabilidade, que uma pessoa por vez consiga falar com uma outra pessoa (ou um grupo de pessoas) simultaneamente.

Com o rápido desenvolvimento das redes de comunicação de dados sem fio 3G e 4G/LTE (veja nota explicativa ao final do artigo) para dispositivos móveis, temos agora disponíveis novas opções para que equipes de campo possam aproveitar as vantagens das redes de dados comerciais (ou seja, oferecidas pelas operadoras de Telecom).

Enquanto o PTT tradicional utiliza redes sem fio próprias e específicas de cada fornecedor (que são limitadas e de alto custo de manutenção pois o número de usuários e aplicações é muito pequeno), o Push-to-Talk Over Cellular (PoC) utiliza as redes comerciais (das operadoras de telecom) de dados sem fio para realizar as comunicações (chamadas), o que traz inúmeras vantagens, como a ampla e crescente cobertura, uma capacidade de transmissão muito maior (veja nota explicativa ao final do artigo sobre LTE), e custos decrescentes devido a crescente utilização, etc.

Diante deste cenário, o que então seria necessário para as empresas que desejam migrar para o PoC, a nova geração da tecnologia push to talk?


Os 4 Passos Necessários

São necessárias 4 etapas, basicamente:

  • A Escolha dos dispositivos móveis;
  • A Definição da rede de dados;
  • A Escolha de um aplicativo push to talk;
  • E, a seleção de acessórios especializados, dependendo de caso;

Vamos detalhar um pouco mais cada uma destas etapas abaixo.

1. Os Dispositivos Móveis

O dispositivo móvel pode ser um smartphone de uso geral, um celular robustecido (ver nota explicativa no final deste artigo), tablet ou até mesmo um notebook, desde que sejam suportados por um aplicativo push to talk (veja item 3 abaixo).

As alternativas mais comuns são smartphones e/ou tablets Android de fabricantes como Samsung, LG, Sony, etc, ou até iPhones e iPads, e notebooks Windows (neste caso, a depender do suporte do aplicativo escolhido, pois nem todos oferecem esta opção).

Você pode decidir que precisa de um celular robustecido (ver nota explicativa no final deste artigo) como alguns modelos oferecidos por fabricantes como Sonim e Kyocera, que comumente já incorporam um botão específico para ser usado como o botão push to talk (PTT button).

Independente do dispositivo móvel escolhido, você tem que garantir que o aplicativo PTT e os acessórios a serem utilizados sejam suportados e funcionem perfeitamente em seu uso conjunto.


2. A Rede de Dados

Diferentes tipos de redes de dados estão disponíveis para a tecnologia PoC.

Para melhores velocidades de dados e consequentemente rapidez e confiabilidade da comunicação em si, as redes 4G/LTE (ver nota explicativa no final deste artigo) são a melhor alternativa. Entretanto, em sua ausência, dependendo da região de cobertura, as redes 3G são bastante adequadas, visto que o consumo de dados das aplicações PTT é comprovadamente baixo.

Mesmo em ambientes de alta intensidade de uso e quantidade de chamadas, os dados raramente ultrapassam 1GB por mês.

As redes WiFi também são uma ótima alternativa, quando disponíveis.


3. Aplicativo Push to Talk

Um bom aplicativo PTT deve apresentar diversas funcionalidades e opções para atender casos de uso específicos de cada indústria.

Há inclusive opções oferecidas pelas próprias operadoras de Telecom. A desvantagem desta opção das operadoras é que pode haver, neste caso, restrições para suas próprias redes ou ofertas de planos de dados, enquanto aplicativos de fornecedores “agnósticos em relação às redes de operadoras” podem ser uma melhor opção para eliminação de qualquer barreira geográfica.

Neste item, vamos destacar um aplicativo brasileiro, que é o BiPTT e que atende bastante adequadamente os requisitos para esta etapa do processo.

O BiPTT é uma Solução de Comunicação de Voz para Empresas que transforma Smartphones, Tablets e PCs em rádios comunicadores.

A migração do PTT convencional para o BiPTT trará diversas vantagens para sua operação, devido às características inovadoras da tecnologia PoC, utilizada pelo BiPTT.

Algumas das funcionalidades do BiPTT:

  • Chamadas para Canal e Individuais;
  • Administração Centralizada de Canais e Usuários;
  • Gravação de Chamadas;
  • Geolocalização de usuários em tempo real;
  • Central de Comando Móvel;
  • Agendamento Automático de Mensagens;
  • Botões de Alarmes;
  • Recuperação de Chamadas Perdidas, e muito mais.

Para solicitar a Degustação Gratuita do BiPTT, clique no botão abaixo:


4. Acessórios

A maioria dos celulares e tablets não foram projetados especificamente para a comunicação com a tecnologia PoC.

Desta forma, acessórios podem otimizar seu celular e/ou tablet pois estes acessórios permitem que o usuário mantenha o celular no bolso ou em uma jaqueta, ou fixado no painel da cabine de um caminhão ou trem, por exemplo.

Em um ambiente barulhento, os acessórios podem incrementar o nível de volume do som de 60dB, típico de um smartphone convencional, para até 100dB. Existem também acessórios sem fio, como fones e/ou headsets Bluetooth, para uso com a tecnologia PoC.

Acessórios típicos incluem fones de ouvidos Bluetooth, fones de ouvido tipo auriculares, microfones Bluetooth, assim como microfones com fio e para veículos.

Compartilhe seu caso, e deixe seu comentário conosco!


Notas Complementares

O que é Rede LTE?

A rede 4G, também conhecida como LTE, sigla para Long Term Evolution (ou Evolução de Longo Prazo), é o padrão mais recente e ainda em implantação pelo mundo, que promete transmissões de dados em bandas ultra largas.

O principal diferencial do LTE é a rede de dados, e por isso esta tecnologia prioriza o tráfego de dados em vez do tráfego de voz, como acontecia em gerações anteriores. Isso proporciona uma rede de dados mais rápida e estável. Teoricamente, o 4G tem potencial para atingir velocidades de até 300 Mbps.

Outra diferença é sobre a quantidade de usuários pendurados na rede: 5 MHz de espectro permitem até 200 acessos simultâneos, praticamente o dobro das redes atuais. Ainda, o LTE permite manter a velocidade e latência quando utilizados em movimento, em uma velocidade de até 350 km/h. Dependendo da frequência de operação da rede, esse valor sobe para 500 km/h.

Segundo dados da Teleco, no final de 2016, já haviam no Brasil mais de 56 milhoes de celulares com suporte a 4G.


Assuma o Controle da Comunicação com o BiPTT

Para aproveitar o poder da comunicação por voz, convidamos você a experimentar o BiPTT , nosso aplicativo de comunicação push to talk, que facilita a conversa entre as equipes.

Disponível para download gratuito, o BiPTT permite que você fale instantaneamente com qualquer grupo ou pessoa em sua organização, em todo o mundo.

Com o BiPTT você terá todas as funções já disponíveis nos rádios comunicadores convencionais, mas além destas já conhecidas terá diversas outras funcionalidades, que possibilitarão você assumir o controle da comunicação, aumentar a eficiência e ainda por cima reduzir custos.



Autor deste Artigo: Paulo Florêncio, Diretor Comercial do BiPTT

Compartilhe seu caso, e deixe seu comentário conosco!


Outros Artigos Publicados

Em nosso blog, você pode encontrar diversos outros artigos relacionados com o BiPTT:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *